Dirigentes do ramo transporte conhecem experiência de cooperativa sergipana



Lideranças de cinco cooperativas de transporte paraibanas estão conhecendo a experiência de sucesso da Cooperativa de Transporte Alternativo de Passageiros do Estado de Sergipe (Coopertalse), na cidade de Aracaju. Fundada em 1996, a Coopertalse foi a primeira cooperativa de transporte alternativo do Brasil a ser regulamentada. Hoje, ela conta com uma frota de 288 microonibus que atendem todo o estado de Sergipe. A visita técnica é uma iniciativa do Sistema OCB/PB e tem o apoio do Sistema Ocese.

Formado por dez dirigentes cooperativistas, o grupo está sendo coordenado pelo representante do Sistema OCB/PB, Robson Nunes. Segundo ele, os números, a estrutura e a organização da cooperativa impressionaram os visitantes. "O modelo de trabalho da Coopertalse é brilhante. A cooperativa é formada por 288 cooperados e 96 funcionários, gerando em média mil empregos indiretos. Eles contam com uma estrutura de 10 mil metros quadrados, que tem posto de abastecimento e um galpão com oficina e casa de peças, que funcionam em forma de rodízio para os cooperados", comentou.

A recepção na cooperativa contou com a presença da presidente da Coopertalse, Karina Barbosa, do presidente do Sistema Ocese, João Teles, do superintendente da Ocese, Valmir Rocha Lima, e da superintendente do Sescoop/SE, Shirllane Bispo Santos.

Participam da visita técnica dirigentes das cooperativas Cootrans, Cooptas, Transtáxi, Extremo e CTC. Para o representante do ramo Transporte no conselho da OCB/PB, Arnaldo Antônio Rodrigues, a visita é uma oportunidade de aprendizado para os dirigentes. "Não existe outra forma da gente trabalhar hoje se não for através do cooperativismo. [A Coopertalse] é um exemplo e nós vamos tirar esse modelo para levar para o estado da Paraíba", comentou Arnaldo, que é também presidente da Cootrans.

 


Comentários

Comentar

7993
Fale com o Sistema OCB/PB