Entidades recebem doações da 1ª Corrida Cooperativista



Para participar da 1ª Corrida Cooperativista da Paraíba, cada atleta precisou doar três quilos de alimento. Ao todo, mais de 500 pessoas participaram da ação e arrecadaram 1,7 tonelada de alimentos que foram doados à Rede Feminina de Combate ao Câncer e à Associação de Apoio aos Portadores de Câncer Esperança e Vida, no evento alusivo ao Outubro Rosa, promovido nesta terça-feira (31). Cada entidade recebeu 850 quilos de alimentos como arroz, feijão, açúcar, macarrão, óleo, dentre outros produtos.

A presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer, Márcia Serpa, participou do evento e agradeceu à iniciativa do Sistema OCB/Sescoop-PB. Ela contou que a entidade foi criada há 55 anos para abrigar os pacientes em tratamento do Hospital Napoleão Laureano. Hoje, a Rede conta com uma equipe de oito funcionários e mais de 200 voluntários. A casa abriga 40 pacientes em suas instalações, oferecendo alimentação, acesso a exames, medicação, próteses e outros benefícios.

"A gente também faz um trabalho dentro do hospital. Nós temos coordenações que atuam na Pediatria, Ambulatório, Radioterapia, Quimioterapia, Braquiterapia. Temos o lanche, que é o carro-chefe do nosso trabalho, um café da manhã é servido diariamente a pelo menos 600 pessoas que estão em trânsito no hospital (que vêm marcar exame, fazer uma quimioterapia, por exemplo). É um trabalho humanitário e de acolhimento”, contou.

A diretora executiva da AEV, Maria Marta Araújo, também falou sobre a história da Associação, que existe há oito anos e surgiu com intuito de ajudar as pessoas com baixo poder aquisitivo que tinham dificuldades de acesso exames, medicação, apoio psicológico e de alimentação. Atualmente, a entidade beneficia 250 pessoas atendidas em Campina Grande e João Pessoa. “A gente abraça esses pacientes e procura atende-los em todas as suas necessidades. Além do paciente, a gente procura atender também a família que precisa estar bem para apoiar aquela mulher ou homem diagnosticado com câncer. Esta doação veio a calhar porque precisamos das doações para fazer cestas básicas para entregar aos pacientes, já que muitos não tem nem o que comer em casa, e eles precisam da doação para ter uma alimentação adequada", afirmou.

As pessoas interessadas em fazer doações a estas entidades podem entrar em contato pelos telefones 99615-9600 (AEV) e 3241-5373 (RFCC).


Comentários

Comentar

8328
Fale com o Sistema OCB/PB